No final do ano não coma como se o mundo fosse acabar. O que vai acabar é apenas o ano.

Entra ano, sai ano e a época mais temida para quem faz dieta é a dos banquetes que acontecem durante o natal e réveillon. Mas nem tudo está perdido, é possível tornar a ceia mais saudável com a substituição de alimentos e maneirando na comilança.

Finalize o ano sem excessos e comece 2015 com o corpo em forma

Entra ano, sai ano e a época mais temida para quem faz dieta é a dos banquetes que acontecem durante o natal e réveillon. Mas nem tudo está perdido, é possível tornar a ceia mais saudável com a substituição de alimentos e maneirando na comilança.

As tentações estarão por todos os lados, mas é possível passar com poucas “sequelas” e sem medo de subir na balança depois de tanta festa. O maior problema nas festas é a duração do evento. “As pessoas ficam horas comendo entradas e depois mais horas sentadas à mesa. A melhor opção é fazer um prato que traga saciedade”.

O nutricionista alerta para as frutas oleaginosas, como castanhas, amêndoas e avelãs: “elas possuem altas calorias. Se você não tem o controle de comer duas ou três evite começar a comer esse tipo de entrada”. Independente de estar em uma festa ou não, as saladas e legumes sempre trazem saciedade, então vale investir e diminuir os pratos mais calóricos. “Você pode comer um pouco de besteira sim, afinal Natal e Reveillon é comemorado uma vez por ano, mas tente não deixar de comer proteínas magras como peito de chester ou peru, e seja racional na hora de montar o prato para não exagerar na porção de calorias”.

O que comemos no Natal pode ser um problema

Para muitos o “pecado” vem na hora da sobremesa. Então a dica é não focar somente no panetone e rabanadas, mas sim em opções como um sorvete diet e frutas. Não podemos esquecer que os drinks também fazem parte do cardápio de engorda, já que o álcool é altamente calórico e deve ser consumido com moderação. “No verão brasileiro podemos optar por vinho branco ou espumante. Limite a meia garrafa por pessoa. Cerveja tem um teor alcoólico mais baixo e as pessoas acabam consumindo mais calorias sem ficarem alteradas, então limite a poucas unidades”. Segue as dicas e boas festas!

COMENTE AQUI !